O trabalho está previsto para ser concluído em até cinco meses - Foto: Divulgação
publicidade

As equipes da CRM Construtora deram início nesta segunda-feira (24) aos trabalhos para execução do projeto de ampliação e reforma do prédio do Necrotério Municipal, que abriga o IML (Instituto Médico Legal) de Mogi Guaçu.

Por enquanto, os serviços vêm se concentrando na remoção do antigo piso do prédio localizado em frente ao Cemitério Jardim Santo Antônio, no Jardim Novo I.

Acompanhe o Guaçu Agora nas redes sociais: curta a página no Facebook e siga o perfil no Instagram

Além da recuperação do espaço para atender às exigências legais, o local terá sua área construída ampliada. De acordo com o projeto, o IML passará a contar com uma área de 146 metros quadrados, com quatros novas salas, sendo de necrópsia, clínica médica, exames de custódia e de presos, além de uma copa e de outros três banheiros.

O imóvel também receberá a reforma das instalações elétricas e hidráulicas e serão reconstruídas duas rampas de acessibilidade e de transporte de corpos.

A obra será executada por meio de recursos do Finisa (Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento) e tem prazo de conclusão de cinco meses. O trabalho terá acompanhamento da Secretaria Municipal de Obras e Mobilidade.

O IML guaçuano está fechado desde o final de maio de 2023 e desde então os serviços que eram executados no município e o atendimento aos casos da região foram deslocados para o IML de Campinas.