Guaçuano de 16 anos conquistou a principal categoria do campeonato - Fotos: Divulgação
publicidade

O troféu de campeão da categoria Absoluto do Aberto de Xadrez de Mogi Guaçu ficou em casa, nas mãos do guaçuano Gabriel Duque Ferreira.

O enxadrista de 16 anos da equipe da SEL (Secretaria Municipal de Esportes e Lazer) superou todos os demais concorrentes e ficou com o primeiro lugar na principal disputa da competição realizada ao longo do domingo (05) na alameda do Supermercado Big Bom, no Parque Cidade Nova.

Anfitrião da competição, a equipe local marcou presença com 30 competidores. Além de Gabriel Duque, outro destaque guaçuano foi a enxadrista Emilly Vitoria de Oliveira Silva, vice-campeã da categoria sub-14.

O aberto de Mogi Guaçu ainda integrou o calendário de eventos do Circuito Solidário de Xadrez, e marcou a retomada do seu calendário.  “Atualmente, o Circuito Solidário de Xadrez é o maior torneio enxadrístico do Brasil que teve que ser interrompido por causa da pandemia de Covid-19. Esta foi a primeira etapa presencial realizada desde fevereiro de 2020”, comentou o técnico guaçuano Wendel Rodrigo de Assis.

A competição mobilizou 116 enxadristas das cidades de Americana, Araras, Campinas, Descalvado, Espírito Santo do Pinhal, Hortolândia, Indaiatuba, Iracemápolis, Itapira, Paulínia, Pedreira, Porto Feliz, Rio Claro, Santa

Bárbara d’Oeste, São Paulo, Socorro, Sorocaba, Sumaré, São Bernardo do Campo, São João da Boa Vista, Tatuí e Votorantim.