Projeto já conta com 4,333 mil medicamentos cadastrados - Foto: Divulgação
publicidade

Inaugurado no dia 18 de outubro, o projeto ‘Farmácia de Todos’ completou na quinta-feira (18) seu primeiro mês de funcionamento alcançando a marca de 960 atendimentos realizados.

Descontados os finais de semana, feriados e pontos facultativos, foram 22 dias de atividades, o que representa uma média de pouco mais de 43 atendimentos diários realizados à população local.

O serviço que funciona em uma sala cedida pela Faculdades Integradas Maria Imaculada, no seu campus instalado na Rua Paula Bueno, 240, Centro, o banco de medicamentos contabiliza 657 pessoas cadastradas e 942 medicamentos disponibilizados.

O primeiro mês de atividades foi fechado com um total de 4,333 mil medicamentos cadastrados, com 119 doadores já tendo contribuído com o banco de medicamentos.

O projeto tem a finalidade de arrecadar medicamentos doados para distribuição gratuita à população, especialmente aos idosos em situação de vulnerabilidade social.

A Secretaria Municipal de Saúde é a responsável pelo gerenciamento do serviço que conta com as parcerias da Faculdade Municipal Professor Franco Montoro e a própria Faculdades Integradas Maria Imaculada.

Seu funcionamento acontece de segunda à sexta-feira 8h00 às 11h30 e das 12h30 às 17h00, sendo que na sexta-feira o encerramento acontece uma hora mais cedo, às 16h00.

O interessado deve fazer um cadastro no local e, por isso, a orientação é que leve comprovante de endereço e documentos pessoais. Os medicamentos só são disponibilizados aos moradores de Mogi Guaçu e com receita médica.

A unidade, além do fornecimento, recebe doações. Remédios em comprimidos, mesmo que sejam sobras na cartela, poderão ser doados, mas deverão estar na embalagem original, a fim de que a data de validade seja verificada.